Diego Costa vai se tornando um personagem dos confrontos entre Chelsea e Arsenal


Muita gente pode nem ter se dado conta, mas 21% dos pontos do Chelsea nesta Premier League foram conquistados contra o Arsenal. Os últimos três, na vitória de hoje por 1x0, fora de casa. O gol foi marcado por Diego Costa. Curiosamente, desde o Lagarto desembarcou no Stanford Bridge, os Blues não perdem para os Gunners, em um tabu que já vem desde 2013. E Diego tem sim, se tornado um personagem à parte nos duelos.

A expectativa era por um jogo disputado, com o Arsenal tendo a posse e a iniciativa do jogo, e o Chelsea apostando nos contra golpes. Foi mais ou menos isto que aconteceu mesmo, especialmente após o gol dos visitantes, por razões óbvias. Cinco minutos antes, o Arsenal teve Mertesacker expulso, em outro lance onde Diego Costa foi protagonista. O Hispano-brasileiro puxou um contra-ataque rápido para o Chelsea, e só foi parado com falta imprudente do defensor alemão. O lance, contudo, era passível de amarelo, mas Diego valorizou muito, se contorcendo de dor como se tivesse sido agredido. O árbitro Mark Clattenburg foi na dele e deixou o Arsenal com 10 homens em campo, mudando o rumo do jogo.

O Chelsea se aproveitou disto. Catimbou, prendeu a bola com Fábregas e William na frente, e de certa forma, passou longe de ser bom barreado. O  que não era esperado era a pouca inspiração na criação de jogadas do Arsenal, algo habitual em jogos onde os Gunners não tem Ozil, ou ele é neutralizado. O time de Wenger tentava, tentava, mas nem na base da pressão podia ir direito, porque Wenger havia sacado Giroud para colocar Gabriel Paulista em campo, após a expulsão de Mertesacker, buscando recompor a zaga. Não há outro jogador com esta característica no Emirates Stadium, e hoje isto fez muita falta.

Com o jogo nas mãos, bastou ao Chelsea deixar o tempo passar, para sair de campo com a vitória, que beneficiou o Manchester City e sobretudo o Leicester, que novamente é líder isolado da Premier League 2015-2016.

Confira abaixo, o gol de Diego Costa:



Tecnologia do Blogger.