Sorteio dos Grupos da Euro 2016 - Potes, Data, Horário Tv e Local


Sorteio dos Grupos da Euro 2016 - Data, Horário Tv e Local

Sorteio da Euro 2016  

A Eurocopa 2016 terá o sorteio da sua fase de grupos neste Sábado, dia 12 de dezembro, às 15 horas (horário de Brasília). As 24 Seleções que seguem vivas na competição conhecerão os seus adversários na próxima etapa rumo ao sonho de conquistar a Europa.

A Band e o Sportv transmitirão o sorteio da Euro 2016 para o Brasil. A competição acontecerá na França entre 10 de junho e 10 de julho.


Evento: Sorteio dos Grupos da Euro 2016
Data: 12/12/2015
Horário: 15h00
Tv: Band e Sportv
Local: Paris, França

Sorteio dos Grupos da Euro 2016 - Data, Horário Tv e Local


Os Potes para o Sorteio da Euro 2016


Após o fim da repescagem das eliminatórias, a UEFA divulgou os potes para o sorteio da Euro 2016:


Pote 1: França, Alemanha, Bélgica, Espanha, Inglaterra e Portugal.
Pote 2: Itália, Rússia, Suíça, Áustria, Croácia e Ucrânia.
Pote 3: Polônia, Romênia, Eslováquia, Hungria, República Tcheca, Suécia.
Pote 4: Irlanda, Islândia, País de Gales, Albânia, Irlanda do Norte, Turquia.


A História da Euro



A História da Eurocopa


Certamente, a Eurocopa é o segundo torneio mais importante do planeta entre seleções, ficando atrás apenas e tão somente da Copa do Mundo. Em um esporte onde os Jogos Olímpicos não tem um papel fundamental, é comum ouvir a expressão "Copa do Mundo sem Brasil e Argentina” relacionada ao torneio que reúne as principais nações do Velho Continente. 
A idéia original da Eurocopa surgiu ainda em 1927, pelo o francês Henri Delaunay, que a consumou apenas após a fundação da UEFA , em 1954. Uma curiosidade é que Delaunay morreu em 1955, sem ver o sucesso de seu projeto. Seu filho Pierre foi quem assumiu o processo, e com o apoio de outros órgãos, como o jornal francês L’Equipe, onde estava na época Gabriel Hanot, o grande idealizador da Liga dos Campeões, colocou já em prática no ano de 1958 as primeiras eliminatórias para a então Taça das Nações Europeias. Vale ressaltar também que o troféu do torneio ganhou o nome de Henri Delaunay, como homenagem póstuma ao seu "pai".
A primeira fase final de eurocopa contou com apenas quatro seleções, que disputavam semifinais e final. Apenas em 1968 o certame ganhou o formato de "open", com uma sede fixa, mas ainda quatro times, número aumentado para oito em 1980, para dezesseis, em 1996 e mais recentemente, para 24 equipes na próxima edição, que será realizada em 2016, na França.
Eurocopa 1960 
Campeã: União Soviética
País-Sede: França
Final: União Soviética 2 x 1 Iugoslávia (Prorrogação)
União Soviética e Iugoslávia decidiram a primeira Eurocopa da História,no Parc des Princes, em Paris, na França. Galic pôs a Iugoslávia na frente ainda na primeira etapa, mas Metreveli empatou para os soviéticos no segundo tempo. O grande destaque da partida, no entanto, foi o goleiro Lev Yashin da União Soviética, com defesas espetaculares.
Na prorrogação, Viktor Ponedelnik marcou e deu o primeiro título da História da Euro aos soviéticos.
Eurocopa 1964 
1964: Espanha encontra conforto em casa
Campeã: Espanha
País Sede: Espanha
Final: Espanha 2 x 1 União Soviética
Se Hungria e a atual campeã União Soviética já não haviam disputado a primeira edição, a Euro 1964 teve duas estreantes: A Espanha, país-sede e a Dinamarca, a grande surpresa das eliminatórias, que na semi-final, em Barcelona, no Camp Nou - foi goleada pelos soviéticos por 3 a 0.
Na outra semi-final, em Madrid, a Espanha, em grande atuação de Luis Suarez assegurou vaga na decisão com uma vitória por 2 x 1.
Na decisão, Pereda abriu o placar para os donos
Eurocopa 1968 UEFA 
1968: Itália faz a festa em casa
Campeã: Itália
País-Sede: Itália
Final: Itália 2 x 0 Iugoslávia
A grande conquista da geração Italiana de Zoff, Facchetti  e Gigi Riva, treinada por Ferruccio Valcareggi foi a Eurocopa de 1968, que teve a sua a fase final jogada na Velha Bota. Além dos Italianos, ainda estavam presentes Iugoslávia, a então campeã mundial Inglaterra e a União Soviética.
A Iugoslávia, com um gol de Dragan Dzajic, bateu a lnglaterra em Florença por 1 x 0. Já a Itália sofreu em Nápoles e empatou sem gols com a União Soviética. Como não havia disputa de pênaltis, a vaga na decisão foi decidida graças à um sorteio realizado pelo árbitro alemão Kurt Tschenscher, e executado com uma moeda, que virou favorável aos donos da casa.
A final aconteceu em Roma, e após um empate em 1 x 1, foi marcado um jogo extra, vencido por 2 x 0 pelos Italianos, com gols de Gigi Riva e Pietro Anastasi.


>>> Sorteio dos Grupos da Euro 2016 - Data, Horário Tv e Local

Eurocopa 1972 
1972: RFA deixa a sua marca
Campeã: Alemanha
Páis-Sede: Bélgica
Final: Alemanha 3 x 0 União Sovética
 A Eurocopa de 1972 não contou com a participação da Holanda, que em 1974 seria a sensação da Copa do Mundo, e dominava o futebol europeu de clubes com Feyenoord e Ajax abocanhando as Copas Europeias entre 1970 e 1973.
Sem a Laranja Mecânica, caminho mais fácil para o Nationalelf  de Sepp Maier, Paul Breitner, Uli Hoeness, Jürgen Grabowski, Günter Netzer, Gerd Müller e Franz Beckenbauer ficar com a taça.
Os alemães, após eliminarem a dona da casa Bélgica na semi-final, golearam a  União Soviética, por 3 x 0 na decisão, com relativa facilidade, e ficarem com sua primeira taça continental.
Eurocopa 1976 
1976: Panenka, o herói da Checoslováquia
Campeã: Checoslováquia
País-Sede: Iugoslávia
Final: Checoslováquia 2 x 2 Alemanha (5 x 3 nos pênaltis)
A extinta Checoslováquia viveu um dos seus grandes momentos no Futebol ao bater a Alemanha, então atual campeão europeia, nas grandes penalidades por 5 x 3 e se sagrar Campeã Europeia.
Nas grandes penalidades, as quatro primeiras cobranças de ambas as equipes foram convertidas, até que o alemão Uli Hoeneß mandou a sua tentativa seu sobre o travessão. O quinto cobrador Tcheco seria Panenka, possivelmente o maior jogador do país depois do também lendário Masopust.  Ele chutou a Bola de maneira com que ala fizesse uma lenta parábola vertical em direção ao meio do gol, após o goleiro alemão Sepp Maier se atirar na direção de um dos cantos. A Cobrança deu o título Europeu ao país do Leste, e de quebra entrou para a História como a primeira "Cavadinha", que graças à isto também recebe a alcunha de "Panenka".
Eurocopa 1980 
1980: RFA agradece a Hrubesch
Campeã: Alemanha
País-Sede: Itália
 Final: Alemanha 2x1 Bélgica
Em 1980 a Alemanha alcançou a sua 3º final consecutiva e Eurocopa, onde encarou desta vez a Bélgica. Com dois gols de Horst Hrubesch os alemães bateram os Belgas por 2 x 1, e conquistaram o seu segundo título europeu da História.
Eurocopa 1984 
1984: Platini inspira França
Campeã: França
País-sede: França
Final: França 2 x 0 Espanha
A geração Francesa dos anos 80, liderada pelo grande Michel Platini  teve seu grande momento na conquista da Eurocopa de 1984, quando bateu a Espanha na decisão em casa por 2 x 0.

>>> Sorteio dos Grupos da Euro 2016 - Data, Horário Tv e Local

Eurocopa 1988 
1988: Van Basten impulsiona festa da Holanda
Campeã: Holanda
País-Sede: Alemanha
Final: Holanda 2 x 0 União Soviética
 A Eurocopa de 1988 não contou com a atual campeã, a França, defendendo o seu título, o que não significou falta de craques ou qualidade.
A Alemanha vinha fortíssima com a geração de Matthäus, Klinsmann, Völler e Brehme, treinados por Franz Beckenbauer, a Itália já contava com Zenga, Baresi, Maldini  e Roberto Mancini e a Holanda retornava à Euro, com craques do nível de Rijkaard, Koeman, Gullit e Van Basten, comandados por Rinus Michels.
Alemanha e Holanda se enfrentariam em uma das semi-finais futuramente, com vitória Holandesa, enquanto na outra, a Itália seria surpreendida pela União Soviética.
Na decisão, Gullit abriu o placar para a Holanda, e Van Basten, artilheiro daquela Euro com cinco gols ampliou com um tento de voleio, sem ângulo, que encobriu o arqueiro soviético Dasaev. Até hoje este gol é considerado um dos mais bonitos da história do Futebol.
Os soviéticos chegaram a perder um um pênalti com Belanov, defendido pelo goleirão holandês Van Breukelen,  o mesmo que havia defendido a cobrança decisiva que deu o título da Liga dos Campeões de 1988 ao PSV Eindhoven.
Esta Euro é até hoje a única grande taça da Holanda.
1992: De repescados a campeões
Campeã: Dinamarca
Final: Dinamarca 2 x 0 Alemanha
Páis-Sede: Suécia
Em 1992, a Alemanha retornou à final da Eurocopa, ampeã Mundial. Até chegaria à final, mas teria uma grande surpresa: a Dinamarca. O país nórdico nem mesmo havia se classificado para o torneio, e herdou a vaga da Iugoslávia, que vivia uma Guerra sangrenta e se desintegrava como nação. Após avançar em um grupo que ainda continha a Suécia (País-Sede) Inglaterra e França, e eliminar a Holanda de Van Basten, Gullit, Rijkaard, Bergkamp e Koeman na semifinal, a "Dinamáquina" aplicou um 2 x 0 nos germânicos, e conquistou o seu único grande troféu da História.
Eurocopa 1996 
1996: Futebol regressa a casa
Campeã: Alemanha
País-Sede: Inglaterra
Final: Alemanha 2x1 Republica Tcheca
 Em 1996 a Inglaterra, o Berço do Futebol, recebeu a maior competição de seleções do Velho continente. O torneio gerava grandes expectativas, afinal cinco das oito primeiras colocadas da Copa de 1994 eram seleções europeias: Itália, Bulgária, Alemanha, Romênia e Holanda. Destas, porém, apenas alemães e Holandeses conseguiram avançar de fase. Se juntaram à elas nas quartas a anfitriã Inglaterra, Espanha, Portugal, França, e as recém nascidas República Tcheca e Croácia, com seus craques que já desfilariam o seu exuberante futebol em breve na parte Ocidental do Velho continente.
Nas quartas, a Inglaterra sofreu com a Espanha, mas venceu nos pênaltis após um 0x0 no tempo normal, mesma situação com a qual a França deixou a Holanda para trás. Ainda nesta etapa, a Alemanha derrotou a Croácia por 2 x 1, e a República Tcheca fez 1 x 0 em Portugal.
Na semi-final, ambas as partidas foram decididas nas penalidades, e vencidas nesta estância por 6 x 5 por Alemanha, após um 1 x 1 com a Inglaterra e República Tcheca, após um 0 x 0 com a França.
Na decisão, Patrik Berger chegou a colocar a República Tcheca na frente, mas Oliver Bierhoff, com dois gols, um no tempo normal, outro na prorrogação, deu o tricampeonato continental aos germânicos.
Eurocopa 2000
2000: Trezeguet é ouro para a França
Campeã: França
Países-Sede: Holanda e Bélgica
Final: França 2x1 Itália
A Eurocopa 2000, tecnicamente, foi uma das melhores da História recheada de grandes times e jogos. Portugal tinha Pauleta, Figo e Rui Costa; a Inglaterra contava com Scholes, Beckham, Owen e Gerrard; A alemanha levou um time que mesclava veteranos como Matthäus e jovens como Ballack, Jancker e Deisler (e com isto se deu mal, por sinal); a Romênia também mesclava os veteranos Hagi, Petrescu e Dumitrescu com os jovens Mutu e Chivu; a Itália treinada por Dino Zoff tinha Maldini e a futura geração campeã Mundial em 2006, de Totti, Del Piero, Cannavaro, Zambrotta, Nesta e Pippo Inzaghi; e como esquecer da Turquia e seu time que acabou futuramente em 3º lugar na Copa de 2002, com Rustu, Hakan Unsal e Hakan Sukur, ou da Holanda de Stam, Davids, Seedorf, Overmars, Bergkamp e Kluivert. Fora alguns craques "soltos", como Raúl na Espanha, que vivia uma entresafra, ou Nedved na República Tcheca.
Mas a grande Campeã foi a Fança, treinada por Roger Lemerre. O inesquecível time de BarthezThuram, Lizarazu, Desailly, Blanc, Deschamps, Petit, Henry, Trezeguet e sobretudo, Zidane, foi deixando rivais de peso pelo caminho, como a Espanha nas quartas e Portugal na semi, em jogos com muito drama, como também foi a semifinal que envolveu Itália e Holanda, vencida pela Azzurra nas penalidades, após um 0 x 0 no tempo normal numa Amsterdam Arena lotada, onde brilhou a estrela do goleirão italiano Toldo, que só jogou aquela euro como titular pelo corte de Buffon
Na final em Roterdã, a França bateu a Itália, em jogo com muito drama. Delvecchio chegou a abrir o placar para os Italianos, que resistiram até os 48 minutos do segundo tempo, quando Wiltord empatou para os Franceses, levando o jogo para a prorrogação, onde Trezeguet, com um golaço, consumou o segundo título europeu Francês.


>>> Sorteio dos Grupos da Euro 2016 - Data, Horário Tv e Local

Eurocopa 2004 
2004: Dia dos menos favoritos
Campeã: Grécia
País-Sede: Portugal
Final: Grécia 1x0 Portugal
 A Grécia surpreendeu o mundo ao ser campeã da Eurocopa 2004. Os gregos avançaram em um grupo que tinha Portugal, Espanha e Rússia, eliminaram a França de Zidane nas quartas e a sensação daquela edição, a República Tcheca na semi-final. Na decisão, os gregos calaram mais de 60 mil pessoas no Estádio da Luz e derrotaram Portugal, na época treinada por Felipão, e com Figo e Cristiano Ronaldo em campo.
O gol do título grego foi marcado por Charisteas.


>>> Sorteio dos Grupos da Euro 2016 - Data, Horário Tv e Local

Eurocopa 2008
Campeã: Espanha
Países-Sede: Áustria/Suíça
Final: Espanha 1 x 0 Alemanha
 Até 2008, a Espanha tinha a fama de jogar como nunca e perder como sempre. Mas foi na Eurocopa daquele ano,que a fúria soube chutar para longe o complexo de vira-lata e abriu caminho para entrar no convívio dos grandes.
Depois de ser eliminada em jogo com erros de arbitragem pela Coréia do Sul na Copa do Mundo de 2002 e pela França de Zidane no Mundial de 2006, a Fúria deu Show na Euro 2008. O time venceu os três jogos que disputou na fase de grupos (contra Rússia, Suécia e Grécia), e despachou nas quartas de final a campeã mundial de 2006, a Itália, nas cobranças de penalidade, após um 0 x 0 no tempo normal.
Nas semifinais, a Espanha goleou novamente a Rússia, desta vez por 3 x 0, com gols de Xavi, Güiza e Silva ( Havia feito 4 x 1 na primeira fase) .
Na decisão, os Espanhóis foram bastante superiores, e derrotaram a Alemanha de Schweinsteiger, Lahm, Ballack e Klose por 1 x 0, gol de Torres, conquistando assim o Bicampeonato Continental.
Eurocopa 2012 
Espanha imperial volta a reinar
Campeã: Espanha
Países-Sede: Polônia/Ucrânia
Final: Espanha 4 x 0 Itália
Após ser Campeã Europeia em 2008 e Mundial em 2010, a Espanha encerrou o ciclo vitorioso de uma grande geração com mais um título continental: após tirar tudo do que ainda restava do Tiki-taka e serem contestados em boa parte do torneio os Espanhóis golearam a Itália por 4 x 0 na decisão, naquilo que seria o canto do Cisne deste Esquadrão Histórico.

Tags: Euro 2016, Sorteio, Eurocopa, Band, Data, Horário, TV, Local


Tecnologia do Blogger.