Últimas notícias

Últimas notícias

Champions League

Liga Europa

História

Copa do Mundo de 2006 : Itália é Tetracampeã .



Deve ser realmente magnífica a sensação de voltar a ganhar uma Copa do Mundo, após 24 anos. Foi esta a sensação que os Italianos provaram em 2006. E isto que eles nem chegaram como favoritos.... 


A Copa do Mundo de 2006 começou com o Foco na Seleção Brasileira, e em seu quadrado mágico, formado por Ronaldinho, Ronaldo, Kaká e Adriano, e que ainda tinha Robinho na reserva. Muitos diziam que o Hexa já estava garantido, e que o Brasil só perdia para ele mesmo. Só que a seleção Brasileira se arrastou nos gramados alemães, e após quatro vitórias em que mal jogou para o gasto, sobre Croácia, Austrália, Japão e Gana, encontrou a França nas quartas de Final. Foi aí que apareceu, mais uma vez Zidane. Além de ter tido uma atuação fantástica, Zizou fez a cobrança de falta que parou em Henry. O centroavante do Arsenal fuzilou as redes defendidas pelo goleiro Dida, e abateu o sonho Brasileiro do hexa. 

A França ainda passaria por Portugal de Felipão, Cristiano Ronaldo e Figo nas semi-Finais, para encarar a Itália na Final. Mas antes de falar desta Final, é hora de falar da Campanha Italiana naquele Mundial.



Os Italianos estrearam vencendo Gana por 2 x 0, em jogo que contou com grande atuação de Pirlo. Na sequência, empate em 1 x 1 com os EUA  e vitória de 2 x 0 sobre a República Tcheca na terceira rodada, garantiram a vaga nas oitavas e a primeira colocação da Chave E para a Itália. 

Nas oitavas, a Azurra encarou a Austrália, que se mostrou um adversário mais duro do que o esperado. Com um gol solitário de Totti cobrando pênalti, a Itália conseguiu a magra vitória por 1 a 0 que a colocou nas quartas, para encarar outra zebra: a Ucrânia de Shevchenko, que na época era ídolo no Milan.

A Itália teve contra a Ucrânia, a tranquilidade que não teve contra a Austrália. Venceu por 3 x 0 de maneira incontestável, com dois gols do centroavante Luca Toni e um do lateral Zambrota, se garantindo na semi-Final, onde seu adversário seria, nada mais, nada menos que a Dona da Casa, a Alemanha.

Pirlo e Ballack: maestros passaram em branco nos 90 minutos.


O Westfalenstadion estava lotado, com uma multidão nas arquibancadas cantando e torcendo para a Alemanha. Incentivados, os Germânicos partiam para o ataque, mas paravam ainda no excelente meio-campo Italiano, formado por Gattuso, Pirlo, Perrotta e Camoranesi. Na melhor chance dos donos da casa, Buffon defendeu um bom chute de Schneider. A Itália quase marcou com Perrotta, mas Lehmann fez milagre. O jogo terminou empatado em 0  x 0 no tempo normal. Parecia que o placar ia se repetir na prorrogação e a partida seria decidida nas penalidades. Engano.

Parecendo ter mais folego, a Itália cresceu na prorrogação, onde viveu o seu melhor momento naquela Copa do Mundo. Meio travada, a Alemanha até tentou ir para o ataque, mas sentiu a difícil prorrogação nas quartas de final contra a Argentina.

Marcelo Lippi foi com tudo para cima da Alemanha, e promoveu as entradas de Iaquinta e Del Piero nos lugares de Perrota e Camoranesi. Com isto, a Azurra conseguia manter mais a posse de bola, e causava pavor na torcida alemã, que via sua seleção sem força no contra-golpe. Pirlo quase marcou em uma bomba de fora da área, que obrigou grande defesa de Lehmann. Minutos depois, após uma cobrança de escanteio mal afastada pela defensiva alemã, Pirlo deu uma assistência genial para Fábio Grosso, lateral que curtia uma de atacante. Como um experiente centroavante matador, Grosso acertou um chute direto, de esquerda, e colocou a Itália na frente do placar.

Desesperada e sem forças, a Alemanha foi para o abafa, e insistiu no chuveirinho, contra uma zaga Italiana que tinha Fabio Cannavaro. O zagueiraço ganhava todas as bolas pelo alto, e deu espaços para o perigoso contra-ataque Italiano. Em uma bola perdida por Podolski, Totti puxou contragolpe e encontrou Gilardino, que por sua vez tocou para Del Piero, que genialmente encobriu o goleiro alemão Lehamann, e colocou a Itália na Final da Copa, onde a Azurra encararia a França.

A decisão da Copa do Mundo de 2006 foi muito equilibrada. A França conseguiu marcar primeiro, com Zidane cobrando pênalti aos sete minutos. A Itália empatou aos 19, com o zagueirão Materazzi, de cabeça, após cobrança de escanteio de Pirlo.

Depois de um jogo muito disputado, a partida foi para a prorrogação. Nela os autores dos gols no tempo normal se envolveram em uma polêmica. Zidane deu uma espécie de Cabeçada no peito de Materazzi, que também encenou um pouco. O lance cavou a expulsão de Zizou, que era a grande figura daquela seleção francesa. Sem seu principal jogador, Les Bleus pouco ameaçaram a Itália, e a decisão foi para os pênaltis.

Com mais sangue frio, a Itália aproveitou bem suas cobranças e se tornou Tetracampeã Mundial de futebol, voltando a vencer uma Copa após 24 anos .











Tabela da Copa de 2006




GRUPO A


09/06 13:00 Alemanha 4 x 2 Costa Rica
09/06 16:00 Polônia 0 x 2 Equador 
14/06 16:00 Alemanha 1 x 0 Polônia 
15/06 10:00 Equador 3 x 0 Costa Rica 
20/06 11:00 Equador 0 x 3 Alemanha 
20/06 11:00 Costa Rica 1 x 2 Polônia 

GRUPO B


10/06 10:00 Inglaterra 1 x 0 Paraguai 
10/06 13:00 Trinidad e Tobago 0 x 0 Suécia 
15/06 13:00 Inglaterra 2 x 0 Trinidad e Tobago 
15/06 16:00 Suécia 1 x 0 Paraguai 
20/06 16:00 Suécia 2 x 2 Inglaterra 
20/06 16:00 Paraguai 2 x 0 Trinidad e Tobago 

GRUPO C


10/06 16:00 Argentina 2 x 1 Costa do Marfim 
11/06 10:00 Servia e Montenegro 0 x 1 Holanda 
16/06 10:00 Argentina 6 x 0 Sérvia e Montenegro 
16/06 13:00 Holanda 2 x 1 Costa do Marfim 
21/06 16:00 Holanda 0 x 0 Argentina 
21/06 16:00 Costa do Marfim 3 x 2 Servia e Montenegro 

GRUPO D


11/06 13:00 México 3 x 1 Irã 
11/06 16:00 Angola 0 x 1 Portugal 
16/06 16:00 México 0 x 0 Angola
17/06 10:00 Portugal 2 x 0 Irã 
21/06 11:00 Portugal 2 x 1 México 
21/06 11:00 Irã 1 x 1 Angola 

GRUPO E


12/06 16:00 Itália 2 x 0 Gana
12/06 13:00 Estados Unidos 0 x 3 República
17/06 16:00 Itália 1 x 1 Estados Unidos 
17/06 13:00 República Checa 0 x 2 Gana 
22/06 11:00 República Checa 0 x 2 Itália 
22/06 11:00 Gana 2 x 1 Estados Unidos 

GRUPO F


12/06 10:00 Austrália 3 x 1 Japão 
13/06 16:00 Brasil 1 x 0 Croácia
18/06 13:00 Brasil 2 x 0 Austrália 
18/06 10:00 Japão 0 x 0 Croácia 
22/06 16:00 Japão 1 x 4 Brasil 
22/06 16:00 Croácia 2 x 2 Austrália 

GRUPO G


13/06 13:00 França 0 x 0 Suíça 
13/06 10:00 Coréia do Sul 2 x 1 Togo
18/06 16:00 França 1 x 1 Coréia do Sul 
19/06 10:00 Togo 0 x 2 Suíça 
23/06 16:00 Togo 0 x 2 França 
23/06 16:00 Suíça 2 x 0 Coreia do Sul 

GRUPO H


14/06 10:00 Espanha 4 x 0 Ucrânia 
14/06 13:00 Tunísia 2 x 2 Arábia Saudita
19/06 16:00 Espanha 3 x 1 Tunísia 
19/06 13:00 Arabia Saudita 0 x 4 Ucrânia 
23/06 11:00 Arabia Saudita 0 x 1 Espanha 
23/06 11:00 Ucrânia 1 x 0 Tunísia 

OITAVAS-DE-FINAL


24/06 12:00 Alemanha 2 x 0 Suécia 
24/06 16:00 Argentina 2 x 1 México
25/06 12:00 Inglaterra 1 x 0 Equador 
25/06 16:00 Portugal 1 x 0 Holanda 
26/06 12:00 Itália 1 x 0 Austrália 
26/06 16:00 Suíça 0 x 0 (0x3) Ucrânia

27/06 12:00 Brasil 3 x 0 Gana 
27/06 16:00 Espanha 1 x 3 França 

QUARTAS-DE-FINAL


30/06 12:00 Alemanha
* nos pênaltis  1 x 1(4x2) Argentina

30/06 16:00 Itália 3 x 0 Ucrânia 
01/07 12:00 Inglaterra
* nos pênaltis 0 x 0 (1x3) Portugal

01/07 16:00 Brasil 0 x 1 França


SEMIFINAL


04/07 16:00 Alemanha 0 x 2 Itália 
05/07 16:00 Portugal 0 x 1 França 


DISPUTA DO 3° LUGAR


08/07 16:00 Alemanha 3 x 1 Portugal 

Final da Copa do Mundo de 2006

Itália 1 (5) x (3) França 

Escalações :

Itália: Buffon, Zambotta, Canavaro, Materazzi e Grosso; Gattuso, Pirlo , Perrota (Iaquinta) e Camoranesi (Del Piero) ;Totti (De Rossi) e Luca Toni. Técnico: Marcelo Lippi

França: Barthez , Sagnol , Thuram, Galas e Abidal; Makelele, Vieira (Diarra), Malouda , Zidane e Ribery (Trezeguet); Henry (Wiltord). Técnico: Ramond Domenech

Árbitro: Horácio Elizondo (Argentina)

Local: Berlim, Alemanha 

Gols: Zidane (pênalti), aos sete minutos - França ; Materazzi , aos 19 minutos - Itália .

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Post a Comment


Top