Análise das Oitavas da Champions League

Análise das Oitavas da Champions League



Análise das Oitavas da Champions League 2015-2016

Passada a euforia do sorteio, é Hora de colocar a cabeça no lugar e analisar os confrontos das Oitavas de Final da Champions League 2015-2016 com calma. Três duelos chamam muito a atenção, dois despertam pouco interesse, e três parecem ter um favorito claro, lógico, que na teoria. 

Bem, vamos para as análises!


Gent x Wolfsburg - O duelo com menor nível técnico destas Oitavas de final da Champions League. O Gent é na teoria a equipe mais fraca da eliminatória, mas deu sorte de pegar uma das equipes mais fracas do Pote 1, o que lhe dá a oportunidade de cogitar alcançar as quartas-de-final. Mas, o favoritismo é dos Lobos.
Roma x Real Madrid - Se o Rafa Benitez, não escalar nenhum jogador irregular, o Real Madrid tem tudo para eliminar a Roma. Os merengues costumam crescer nos jogos da Champions League. Mesmo que a fase não seja das melhores, a camisa pesa muito, e Cristiano Ronaldo adora fazer gols nesta competição, da qual é o maior artilheiro da história.

Além disto, se Rafa Benítez é contestado e faz um trabalho fraco, Rudi Garcia não fica para trás nos últimos tempos. Na última vez que as equipes se enfrentaram nesta fase em uma Champions League, na temporada 2007-2008, deu Roma.


Paris Sait-Germain x Chelsea - Um confronto que desperta curiosidade é Chelsea x Paris Saint-Germain. As equipes se enfrentaram no mata-mata das últimas duas edições da UCL, com os Blues levando a melhor nas quartas da temporada 2013-2014, e os parisienses se dando bem nas Oitavas este ano. Ambos os duelos foram decididos apenas no saldo qualificado, em jogos com muita pegada e emoção.

É possível imaginar algo assim este ano? Até é. Só que o PSG vem jogando bem mais do que o Chelsea e está invicto na Ligue 1, enquanto os londrinos patinam na Premier League. Dí Maria foi a cereja do Bolo que o PSG precisava, e creio que os parisienses levam o favoritismo do confronto. Não que lá em fevereiro, o Chelsea já não possa ter se organizado bem mais e fazer frente.

Arsenal x Barcelona - O Arsenal geralmente não da sorte nos sorteios, e quando dá, como foi na temporada passada quanto enfrentou o Monaco nas Oitavas, geralmente acaba eliminado igual. Vale ressaltar que o Arsenal vive um dos melhores momentos dos últimos 10 anos, mas o favoritismo é do Barcelona e o seu poderoso trio MSN.

Por falar nisto, em 2010, Messi marcou quatro gols contra os Gunners quando as equipes se enfrentaram nas quartas de final da Champions League.Em compensação, ele nunca marcou um gol em Petr Cech, quando este defendia o Chelsea. Agora, com a camisa do Arsenal, continuara a invencibilidade do Tcheco?
Juventus x Bayern de Munique De longe, o jogo que mais chama a atenção é Bayern de  Munique x Juventus. O Tricampeão da Bundesliga encara a Tetracampeã da Serie A. De um lado,a grande força do futebol alemão, com toda a sua artilharia pesada, do outro a Juventus e o seu jogo cascudo, que a torna uma equipe difícil de derrotar. Vale lembrar que ambos estiveram na Semi-final do ano passado, com a Juventus também se tornando vice-campeã do torneio, após perder a final para o Barcelona. E na temporada 2012/2013, quando o Bayern de Munique se sagrou Campeão, eliminou justamente a Veccia Signora nas quartas de final. Para o duelo deste ano, fica a sensação de que o melhor Bayern é melhor que a melhor Juventus, mas os italianos, com um Dybala cada vez melhor e muito poder de fogo, podem eliminar o Bayern, especialmente se este continuar tendo em 2016 os mesmos problemas de lesão que teve em 2015.

PSV x Atlético de Madrid - Este Atlético de Madrid me parecer ser menos eficiente que o de 2013-2014, mas bem mais forte e inteiro do que o da temporada passada. Estruturado, com um belo trabalho de Diego Simeone, os Colchoneros devem conseguir a sua vaga para as quartas-de-final, mesmo que o PSV seja um time com bons valores, tradição e mereça todo o respeito do Mundo, especialmente quando joga em casa.

Benfica x Zenit - Confronto com duas equipes que vem mal na Liga, mas foram bem na fase de grupos da Champions League e dependem demais de seus craques (Gaitan e Hulk, respectivamente). O jogo da ida marcará o retorno de Garay, figura marcante na história recente do Benfica, ao estádio da Luz.

Vale ressaltar que a pausa de inverno pode tirar ritmo do Zenit, e a camisa do Benfica é mais pesada, embora os russos tenham mais recursos técnicos.
Dynamo de Kiev x Manchester City - Enfim o Manchester City vai chegar nas quartas de Final de uma Champions League? Se não for agora, não sei quando vai ser ...

Especialmente se contar com o seu quarteto de frente inteiro (De Bruyne, Silva, Sterling e Aguero), os Citizens devem sim levar a vaga com tranquilidade, ao menos que a responsabilidade pese demais. Em termos de tradição na Champions League, o Dínamo de Kiev leva vantagem (já chegou nas semi-finais), mas não deve ser o suficiente para garantir a vaga.



Tags:  Análise das Oitavas da Champions League, Champions League, Barcelona, Real Madrid, Bayern de Munique, Chelsea, Paris Saint-Germain

Tecnologia do Blogger.