Conclusões sobre Real Madrid 0x4 Barcelona


O futebol é um esporte que mexe com a paixão e as emoções, o que dificulta muitas vezes uma análise lúcida das circunstâncias. É natural após uma goleada como esta de 0x4 do Barcelona sobre o Real em pleno Santiago Bernabeú, fazer terra arrasada no lado perdedor, e exaltar os vencedores. Mas, na frieza da razão, temos de evocar o bom senso para tentar fazer um balanço, o mais justo possível. 


Sim, o Barcelona tem todos os méritos, e rende cada vez mais, com um trabalho fabuloso de Luis Enrique, que há um ano atrás, nesta altura da temporada, era tão ou mais contestado do que o Benítez é hoje.


Vi algumas pessoas dizendo que Rafa errou na escalação. Bem, na prática, ele escalou o mesmo time que com o Ancelotti enfileirou 22 vitórias seguidas na temporada passada. Francamente, o que eu vi hoje foi alguns jogadores do Real rendendo muito pouco. Ou não estam mais com Benítez, ou não estam focados no clube, ou então um conjunto de problemas, os impede de render na plenitude.


O Real começou marcando forte, com um pressão alta, encurtando o campo em 3/4, mas não conseguiu sufocar o Barcelona. Os Cules hoje jogam numa versão 2.0 do tiki-taka, e saiam com uma facilidade tremenda de trás, com truangulações de dar inveja. O Real, parece só saber buscar o jogo vertical, focado em Cristiano Ronaldo. Após as saídas de Ozil, Higuain, Xabi Alonso, mas acima de tudo de Dí Maria, os merengues parecem só saber jogar de uma maneira. E aí talvez um grande erro de Florentino: ter se livrado do melhor jogador da equipe na conquista de La Decima, e que é Top 5 do Mundo em condições normais.

Sim, há como buscar alternativas , mas Benítez só deve cair, se o grupo não estiver mais com ele. Se estiver (ou até se não estiver), na pior das hipóteses o Real terminará em terceiro na Liga, com vaga direta na próxima Champions. Aí, é quem sabe na temporada que ven apostar em Zidane e um novo projeto. Pelo jeito que Zizou jogava, ele vai dar um grande treinador. Acho que vale muito a aposta ...

Voltando ao Barcelona, vale dar todos os parabéns possíveis ao Luis Enrique. Esta vitória, da maneira como foi, é muito dele. Aprimorou o estilo de jogo de Guardiola, com adaptações naturais, necessárias com o passar do tempo (o catalão teve que fazer o mesmo ao assumir o Bayern). Lucho não montou uma equipe que aposta nas individualidades, e sim um time que faz as individualidades renderem da melhor maneira. Passou dois meses sem Messi, e se virou bem, pois antes de ter um grande craque, tem uma grande equipe. Assim, o gênio passa a ser um bônus, capaz de resolver um jogo encardido como foi a semifinal da Champions passada contra o Bayern. Hoje Messi é peça importante, capaz de fazer a diferença. Mas apostar no seu talento, não é a única arma da equipe.

Analisando agora as individualidades, só da para destacar no Real Madrid, no máximo um Navas que fez boas intervenções, sofreu quatro gols, mas tem todo o crédito do Mundo. Cristiano Ronaldo parece perdido. Talvez as indefinições e especulações sobre o seu futuro já estejam o atrapalhando. Se ele já não vinha participando tanto do jogo coletivo, desta vez nem mesmo mortal na área ele foi - perdeu uma chance na cara de Bravo, que ele não costuma perder. Benzema é outro, que envolto a lesões e problemas extra-campo, não rende tudo o que pode. Isco, talvez quem mais tentou alguma coisa enquanto esteve em campo, acabou expulso, dificultando ainda mais as coisas ...


No Barcelona elogiar o papel de  Suárez (dois gols hoje) e Neymar (autor de um tento e uma assistência) na ausência de Messi, seria chover no molhado. Então vou elogiar Iniesta ... Que jogador é o mago! Atuação de Gala realmente. Faz parecer fácil jogar futebol. Busquets, Mascherano, Bravo, Piqué e acima de tudo os dois laterais, que souberam muito bem guardar posição, só merecem elogios.

Enfim, visa que segue. No meio da semana tem rodada completa da Champions League, e a temporada não chegou nem na metade. A única conclusão definitiva, que pode ser tirada é que o Barcelona está nos trilhos, e o Real, carece de ajustes.
Tecnologia do Blogger.