Teve gol de jogador Europeu na rodada do Brasileirão



Raramente um jogador europeu vem atuar na América Latina. Puxando de cabeça, nos lembramos na maioria das vezes de naturalizados, como Camoranesi, Trezeguet, Deco e Liédson, nascidos na América do Sul, mas que optaram pelo caminho da natralização e foram defender seleções da Europa. Recentemente o francês Gignac atuou e marcou gols pelo Tigres na Libertadores, mas por um clube da parte norte da América.

Nos últimos anos, poucos clubes da América do Sul tem ido além do Mar para buscar nativos de outros continentes. O Atlético-PR é a exceção. Para o comando técnico, o furacão trouxe recentemente nomes como Lothar Mätthaus e Miguel Ángel Portugal. Para reforçar o elenco de jogadores, o clube apostou em atletas como o espanhol Fran Mérida, indiano Romeo Fernandes e mais recentemente no português Bruno Pereirinha. O meio-campista, que ganhou o rótulo de eterna promessa após surgir com muita força no Sporting e decepcionar, também não foi nada bem na Lazio, mas a diretoria do Atlético acreditou que valia a pena a aposta.

Pereirinha, além da desconfiança, ainda teve que driblar as lesões para conseguir atuar no futebol brasileiro. O jogador se lesionou logo após ser contratado, mas ganhou uma chance na última quarta, e foi o grande destaque da 30° rodada do Brasileirão 2015.

Pereirinha marcou um gol no empate por 2x2 do Atlético-PR com o Cruzeiro, e assim, fez história. Ele se tornou o segundo jogador nascido em Portugal a marcar um gol no campeonato Brasileiro de futebol.

Aliás, a mais de 40 anos um nativo de Portugal não marcava um gol no Brasileirão. O primeiro foi Fernando Peres. O jogador defendeu o Vasco da Gama em terras brazucas, e no longínquo 1974, marcou o gol navitória do Gigante da Colina sobre oTiradentes, do Piauí. Este jogo aconteceu no dia 15 de maio daquele ano.

Pereirinha ainda não é titular do Atlético-PR, e fez a apenas a sua terceira partida neste Campeonato Brasileiro. Sem contar que ele começou no banco, e só entrou aos 33 minutos do segundo tempo, um minuto antes de marcar o seu gol.

Com o tento, se espera que Pereirinha possa se afirmar mais no CAP, podendo quem sabe brigar pela titularidade ou até um dia ser Campeão Brasileiro (como Fernando Perez foi). Faz falta ver Europeus brilhando por aqui ...

Tecnologia do Blogger.