Guia da Liga dos Campeões 2015-2016: Wolfsburg


Guia da Liga dos Campeões 2015-2016: Wolfsburg


O Wolfsburg retorna à Champions League tentando deixar para trás a última participação, na temporada 2009/10, quando caiu na fase de grupos. A temporada 2013-2014 da equipes foi fantástica, algo que fica comprovado com a conquista da Pokal Cup e o vice-campeonato da Bundesliga, que deu a vaga na Champions após um segundo turno arrasador, que contou com goleada sobre o Bayern de Munique e tudo mais.

Veio o final da temporada e a temida janela de transferências. Não que o Wolfsburg precisasse vender jogadores, mas propostas vindas da Espanha e da Inglaterra sempre são tentadoras. E as equipes da Premier League logo cresceram o olho em Kevin De Bruyne. O belga de 24 anos foi um dos reis das assistências na Europa, eleito o melhor jogador da Bundesliga e o melhor jogador do Wolfsburg na temporada. O Manchester City fez de tudo para contratar o jogador, e no fim das contas, pagou uma fortuna e o levou para o Etihad. 


Como substituo, o Wolfsburg contratou o também jovem Julian Draxler. Se De Bruyne já era o cara afirmado, Draxler é uma aposta. Eternamente tratado como um garoto promissor nos Azuis Reais, ele chega na toca dos lobos com a obrigação de um homem. Sua missão será substituir um dos melhores jogadores do planeta, e justificar o investimento feito em seu futebol. Esta é a chance de Draxler confirmar aquilo, que tanto dele se espera: se tornar um jogador de futebol de alto nível, um dos melhores do planeta. O talento, o alemão já mostrou que tem. Suportar a pressão e não se tornar mais um dos tantos jogadores que surgem, explodem e caem, é o grande desafio.


Tirando as saídas de De Bruyne e Perisic (que foi para a Internazionale), a base até foi mantida. Além de Draxler, o Wolfsburg também se reforçou com mais alguns jogadores, dos quais da para destacar o zagueiro brasileiro Dante (ex-Bayern) e o atacante Alemão Max Kruse (ex-Borussia Monchegladbach). Também vieram alguns jovens, como o goleiro Casteels, o zagueiro peruano Ascues e o meia sFrancisco Rodriguez, é irmão do lateral-esquerdo Ricardo.  


Ricardo Rodríguez, que por sinal, mesmo sendo um dos dois melhores jogadores da temporada europeia passada, permaneceu na Volksvagen Arena. Quem já o viu jogar,s abe que se trata de um dos melhores, se não o melhor lateral-esquerdo do planeta. Veloz, habilidoso, ele ainda é um excelente cobrador de faltas. O mais conhecido do grande público deve ser mesmo o atacante André Schürrle, ex-Chelsea e Tetracampeão do Mundo com a seleção alemã aqui no Brasil em 2014. Por falar em Brasil, o brazuca Luis Gustavo é peça chave no elenco por conta de sua eficiência, assim como Arnold.


Da para dizer que o Wolfsburg briga, com uma certa igualdade, com o Manchester United pela condição de força deste grupo B da UEFA Champions League. O longo tempo sem disputar o torneio, e os adversário CSKA Moscou (frequentador assíduo da fase de grupos) e PSV (camisa pesada), não dão contudo, a certeza de que a equipe passará voando pela chave. É preciso ter cuidado em todos os jogos, para não repetir a campanha da temporada 2009-2010.


Time-base: Benaglio; Vieirinha, Naldo, Dante, Rodríguez; Guilavogui, Arnold; Schürrle, Draxler, Kruse; Dost.  Técnico: Dieter Hecking.




No Mercado:


Vem:


Max Kruse (Borussia Mönchengladbach)

Koen Casteels (Werder Bremen)
Francisco Rodríguez (FC Zürich)
Carlos Ascues (Melgar)
Dante (Bayern)
Ismail Azzaoui (Tottenham)
Julian Draxler (Schalke 04)

Vai:


Kevin de Bruyne (Manchester City)
Perisic (Internazionale)

Lista de inscritos para a Champions League 2015/2016:

Tecnologia do Blogger.