Guia da Champions League 2015-2016: Gent




Guia da Champions League 2015/16 - Gent


Após uma temporada histórica na Ghelamco Arena, que culminou com a conquista inédita do título belga, o Gent também se garantiu pela primeira vez na Champions League, e a exigência agora é por pelo menos uma campanha digna.



Sobre o técnico Heinz Vanhaezebrouck, só podemos dizer que é um dos mais promissores do continente. Sem um esquema e nem um XI permanentes, mas com a idéia clara por um jogo ofensivo e objetivo, ele transformou o Gent em um time extremamente competitivo.


Heinz Vanhaezebrouck procurou manter a base vencedora da temporada passada, e dentro do possível agregar alguns reforços de qualidade. Ervin Zukanovic, depois de uma temporada empreastado ao Chievo, partiu em definitivo, assim como outros jogadores menos importantes, como David Pollet e Sloan Privat. De resto, a espinha dorsal se mantém, e ainda foi bem reforçada, pelo lateral israelense Abd Hatem Elhamed, pelo sueco Erik Johansson e pelo atacante ex-Sporting Charleroi Kalifa Coulibaly, em especial.


O Gent hoje transita com facilidade do 4-2-3-1 para o 4-2-3-1, podendo se ajustar para um ofensivo 3-5-2. No gol, o jovem Matz Stels foi o melhor da temporada passada na Bélgica, e pinta como um dos mais promissores de todo o continente. Na defesa, Lasse Nielsen, Asare e Erik Johansson formam o trio de zaga no 3-5-2, disputando as duas vagas no miolo defensivo em um dos outros esquemas.


A lateral deve ser um dos setores com a melhor disputa. Foket, Asare, Rafinhna e o recém-chegado Abd Hatem Elhamed brigam por duas vagas, sendo que Dejaegere também pode atuar por ali. O meio-campo começa com Renato Neto, que se completa bem com o excelente Sven Kums. Mais para a frente, os promissores Hannes van der Bruggen e Kenneth Saief são as opções. Para o setor de armação, Vanhaezebrouck tem a sua disposição o já mencionado Dejaegere, além de Thomas Matton, Hajradinovic e Marko Poletanovic.


No ataque, o Gent conta com o promissor Moses Simon, o melhor atacante do último belgão, Milicevic e o jovem camaronês Serge Tabekou para atuar pelos lados, sendo Laurent Depoitre, Nicklas Pedersen, Benito Raman e o recém-chegado Kalifa Coulibaly opções mais para frente.


Em resumo, um elenco jovem, sem experiência em Champions League, mas com condições de competir bem. Zenit, Valência e Lyon são os maiores candidatos para brigar pelas duas vagas e o avanço neste grupo H, mas passam longe de ser potências do continente, dando sim condições ao Gent de surpreender.


Time-base:
 Sels; Johanssen (Rafinha), Nilsen, Asare; Foket, Renato Neto, Kuns, Dejaegere; Milicevic; Depoitre, Simon. Técnico: Hein Vanhaezebrouck



No Mercado:


Vem:


Lasse Nielsen (NEC Nijmegen)

Abd Hatem Elhamed (MS Ashdod)

Thomas Matton (KV Kortrijk)

Giorgi Beridze (FC Zestafoni)

Kalifa Coulibaly (Sporting Charleroi)

Erik Johansson (Malmö)

William Troost-Ekong (Groningen)

Stefan Mitrovic (Freiburg)

Lucas Schoofs e Yannick Thoelen (Lommel United)


Vai:


Ervin Zukanovic (Chievo Verona)

Sloan Privat (Guingamp)

David Pollet (Sporting Charleroi)

Jari Vandeputte (FC Eindhoven)

Enis Gavazaj (Roeselare)


Lista de inscritos para a Champions League 2015/2016:


Ainda não divulgada.


Tecnologia do Blogger.