Em jogo eletrizante, Barcelona conquista a Supercopa da Europa 2015!







Uma noite mágica para qualquer fã do Futebol, O Barcelona se sagrou Supercampeão da Europa após vencer o Sevilla por 5-4 na prorrogação. A equipe andaluza perdia por 4x1 até os 11 minutos do segundo tempo, mas em apenas 24 minutos, chegou ao empate. No tempo extra, o herói do Barça foi Pedrito Rodríguez, que marcou o quinto gol Culé. 

Ainda é começo de temporada, o título foi sofrido, mas foi conquistado, e o Barcelona sonha com o Sextete.  A queda física, normal de começo de temporada, foi nítida. Deixar um rival empatar depois de estar ganhando por 4x1 é algo quase imperdoável para o Campeão da Europa, não fossem as circunstâncias. Se o Barça quiser o Bi europeu, isto não poderá voltar a acontecer.  E se a falta de ritmo se perdoa, a retração nos momentos finais não. 

Luís Henrique viu seu time sofrer o desconto em duas falhas de Mathieu, e retraiu de vez a Equipe. Já havia sacado Iniesta, um dos homens blaugranas com maior capacidade de reter a a bola (o mais inteligente quando se é pressionado), para colocar em campo o pouco experimentado Sergio Roberto. Depois, sacou Rafinha, um dos melhores em campo para colocar mais um zagueiro Bartra. Comandado por um Banega mais uma vez inspirado em uma final, e com Tremoulinas e Vitolo em uma noite sensacional, e Konoplyanka, Mariano e Immobile entrando muito bem, o Sevilla foi convidado a atacar o Barça, e conseguiu o empate.

A sorte Catalã é que os andaluzes também sentiram e não pressionaram tanto na prorrogação até sofre o gol de Pedro. Só depois foram para cima,e tiveram mais de uma chance para empatar. Para a  sorte do Barça, não conseguiram consumar o quinto tento, e pelo terceiro ano seguido, o Campeão da Champions ganha a Supercopa da UEFA.

Se temos de dar os parabéns ao Barcelona pelo título, também o temos de fazer ao Sevilla. Remontar um 4x1 não é fácil, e a virada não veio por detalhes. Se isto é feito por time de poderio financeiro mediano, contra um gigante, o fato deve ser mais ressaltado ainda. Unai Emery mostra ter os eu time na mão, e cada vez fica mais confirmado.
Foi um jogo com todos os ingredientes de uma decisão. Pegado, com gols do início ao fim, muitos gols (9), Golaços, dribles, jogadas mágicas, virada, empate heroico, prorrogação, chance perdida no último minuto. Valeu a pena assistir!

Messi foi eleito o MVP da decisão pela UEFA.


Os Gols:
Sevilla 1x0 Barcelona - Aos três minutos Éver Banega abriu o marcador com um gol de falta.
Barcelona 1x1 Sevilla - Também de falta, Messi empatou aos sete minutos. Arremate certeiro, na gaveta.
Barcelona 2x1 Sevilla - Lionel Messi cobrando falta colocou o Barça na frente.
Barcelona 3x1 Sevilla - Rafinha ampliou, assistido por Luis Suárez.
Barcelona 4x1 Sevilla -  Luis Suárez marcou o quarto após receber passe de Sergio Busquets, que roubou  abola na intermediária do Sevilla.
Sevilla 2x4 Barcelona - Após passe de Vitolo e falha de Mathieu, Reyes descontou.
Sevilla 3x4 Barcelona - Kevin Gameiro converteu pênalti cometido por Mathieu.
Sevilla 4x4 Barcelona -. Konoplyanka empatou tudo e levou o jogo para o tempo-extra.
Barcelona 5x4 Sevilla - Pedro Rodríguez , o herói das Finais aproveitou rebote de Beto, após chute de Messi, e estufou as redes para dar mais um caneco ao Barça.


Melhores Momentos:



Escalações:

Barcelona: Ter Stegen, Mathieu, Dani Alves, Piqué, Mascherano (Pedro 93'), Iniesta (Roberto 63'), Rakitić, Busquets, Rafinha (Bartra 78'), Messi e Suárez.
Sevilla: Beto, Trémoulinas, Rami, Coke, Krohn-Dehli, Banega, Iborra (Mariano 80'), Krychowiak, Vitolo, Reyes (Konoplyanka 68') e Gameiro (Immobile 80').

Craque do Jogo: Lionel Messi



Tecnologia do Blogger.