Últimas notícias

Últimas notícias

Champions League

Liga Europa

História



Copa dos Campeões 1978-1979: Nottingham Forest


Nottingham é uma cidade inglesa relativamente pequena e com uma população de menos de 300 mil habitantes. Tem dois clubes de futebol profissional: o Notts County e o Nottingham Forest.

Parece improvável, e se torna difícil de acreditar nos dias de hoje, que nos anos 70, um time desta cidade, no caso o Nottingham Forest, desbravou e espantou a Europa, ao conquistar a taça mais cobiçada por clubes de futebol do continente na época: a Copa dos Campeões. O time contava com vários jogadores que entraram para a história do Futebol, como o goleiro Peter Shilton, o lateral Viv Anderson, o meia Martin O´Neill e os escoceses John Robertson, Archie Gemmill e Kenny Burns.

Na temporada 1978/79, a Copa dos Campeões contava com equipes muito fortes, como o então atual campeão Liverpool, a Juventus e o Real Madrid. A primeira fase reservou um confronto entre ingleses: Notthingham Forest x Liverpool. Pois o Forest  conseguiu vencer os Reds por 2×0 em casa e empatar em 0×0 fora. O time já havia vencido o campeonato inglês da temporada passada em cima do time vermelho da cidade dos Baeatles, Nesta mesma primeira fase, um outro gigante ficou pelo caminho: a Juventus foi eliminada pelo Ranger. A grande surpresa no entanto ficaria por conta dos suecos do Malmö, que surpreendeu ao eliminar o Mônaco, que era o campeão da França.

A zebra seguiu nas oitavas de final, com o Real Madrid sendo eliminado pelo Grasshopper, após perder por 3×1 no Santiago Bernadeu no jogo de ida e ser surpreendido perdendo por 2×0 na Suíça. O Forest arrasaria o AEK da Grécia na segunda fase, enquanto a zebra  Malmo, faria mais uma vítima: o Dinamo Kiev. 


O Forest nas quartas de final, passou pelo Grasshopper sem problemas, e se garantiu na semi-final para enfrentar o Colônia da Alemanha. Os outros semi-finalistas seriam o Austria Viena e o próprio Malmo.

O Nottigham foi surpreendido pelo time alemão na primeira partida, em pleno City Ground, após sair perdendo por 2 X 0. Conseguiu a virada para 3 X 2, mas levou o empate já no fim do jogo. Mesmo assim o time foi bravo, e na Alemanha, venceu por 1  X 0, se garatindo na final para enfrentar o Malmo.

A final foi no Estádio Olímpico de Munique, que recebeu um público de cinquenta e sete mil pessoas compareceram para ver a partida entre Notthingham Forest x Malmö. O Notthingham chegou invicto à final, enquanto o Malmö teve uma derrota na competição, 2×1 para o Wisla Cracóvia nas quartas de final.

Como era esperado, o time do Malmo montou uma grande retranca, que só seria furada por um predestinado. Trevor Francis havia chegado do Birmingham por £1 milhão e pelas regras da UEFA, ele só poderia jogar pelo clube em competições europeias após três meses de contrato. Sua estréia foi nesta final da Copa dos Campeões. E foi ele quem, após um cruzamento para a área e falha do goleiro do Malmo, escorou para o fundo das redes para ganhar o primeiro título da história do Forest na UEFA Champions League. 




Ficha Técnica 
Copa dos Campeões 1979  - final : 
Nottingham Forest 1 x 0 Malmo 
Escalações :
Forest: Shilton ; Anderson, Lloyd, Burns, Clark, McGovern , Francis, Bowyer, Birtles, Woodcock, Robertsonr e Francis .
Malmo: R.Andersson, M.Andersson, Jonsson, Erlandsson, Prytz, Tapper (Malmberg), Ljungberg, Kinnvall, Hansson (T.Andersson), Cervin
Árbitro: Erich Linemayr (Áustria)
Local: Estádio Olímpico, Munique , Alemanha 
Artilheiro desta Edição: Claudio Sulser (Grasshopper) – 11 gols


1979/80: Shilton keeps Hamburg at bay

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Post a Comment


Top