Copa do Mundo de 2002 - O Brasil é penta!

Copa do Mundo de 2002 : É penta !




Em 2002 , pela primeira vez na História, o Mundial de Futebol não aconteceu nem nas Américas e nem na Europa. A Ásia recebeu a Copa pela primeira vez, assim como de maneira inédita dois países sediaram a competição: Coréia do Sul e Japão.

A Coréia do Sul chegou de maneira surpreendente na quarta colocação, apoiada pelos seus torcedores e erros de arbitragem, que também beneficiaram muito os dois Finalistas, Brasil e Alemanha, em uma Copa que ficou meio manchada. Também podemos colocar como surpresas, a Terceira colocada Turquia e as eliminações de França e Argentina, duas das grandes favoritas, ainda na primeira fase - embora a segunda tenha sido claramente prejudicada pela arbitragem. Bélgica, Itália e Espanha também entram na conta das seleções que foram mais cedo para casa por conta dos árbitros ....

Na final, o Brasil, comandado por Felipão, contou com a estrela de Ronaldo, que marcou dois gols e deu o Pentacampeonato ao país do futebol. Além do fenômeno, Cafu, Roberto Carlos, Ronaldinho Gaúcho, e especialmente Rivaldo, também brilharam, neste inesquecível mundial.


A Campanha do Brasil



A campanha brasileira do penta contou com vitórias sobre a Turquia por 2 a 1 (gols de Ronaldo e Rivaldo), a China por 4 a 0 (gols de Roberto Carlos, Rivaldo, Ronaldinho Gaúcho e Ronaldo), a Costa Rica por 5 a 2 (gols de Ronaldo, duas vezes, Edmílson, Rivaldo e Júnior), a Bélgica por 2 a 0 (gols de Rivaldo e Ronaldo), e a Inglaterra por 2 a 1 (gols de Rivaldo e Ronaldinho Gaúcho), até a semifinal, onde novamente a Turquia foi derrotada, agora por 1 a 0, com gol de Ronaldo. Na final, como já citado, o Brasil derrotou a Alemanha por 2 a 0, com dois gols de Ronaldo.

O Fenômeno, então recém recuperado de graves lesões no joelho, foi o artilheiro do Mundial, com oito gols marcados, mas acabou eleito o craque da Copa. O goleiro alemão Oliver Kahn foi eleito o craque da Copa do Mundo de 2002, com atuações espetaculares, que conduziram o seu selecionado ao vice campeonato.



Resultados Copa do Mundo 2002:




Grupo A



31/05 - França 0 x 1 Senegal - Seoul/C. do Sul

01/06 - Uruguai 1 x 2 Dinamarca - Ulsan/C. do Sul

06/06 - França 0 x 0 Uruguai  -Busan/C. do Sul

06/06 - Dinamarca 1 x 1 Senegal -  Daegu/C. do Sul


11/06 - Senegal 3 x 3 Uruguai -  Suwon/C. do Sul


11/06 - Dinamarca 2 x 0 França -  Incheon/C. do Sul




Grupo B



02/06 - Espanha 3 x 1 Eslovênia -  Gwangju/C. do Sul


02/06 - Paraguai 2 x 2 África do Sul -  Busan/C. do Sul


07/06 - Espanha 3 x 1 Paraguai  - Jeonju/C. do Sul


08/06 - África do Sul 1 x 0 Eslovênia -  Daegu/C. do Sul


12/06 - Espanha 3 x 2 África do Sul  - Daejeon/C. do Sul


12/06 - Paraguai 3 x 1 Eslovênia  - Seogwipo/C. do Sul



Grupo C



03/06 - Brasil 2 x 1 Turquia  - Ulsan/C. do Sul


04/06 - Costa Rica 2 x 0 China -  Gwangju/C. do Sul


08/06 - Brasil 4 x 0 China  - Seogwipo/C. do Sul


09/06 - Costa Rica 1 x 1 Turquia -  Incheon/C. do Sul


13/06 - Brasil 5 x 2 Costa Rica  - Suwon/C. do Sul


13/06 - Turquia 3 x 0 China  - Seoul/C. do Sul



Grupo D



04/06 - Coréia do Sul 2 x 0 Polônia  - Busan/C. do Sul


05/06 - Estados Unidos 3 x 2 Portugal  - Suwon/C. do Sul


10/06 - Coréia do Sul 1 x 1 Estados Unidos  - Daegu/C. do Sul


10/06 - Portugal 4 x 0 Polônia - Jeonju/C. do Sul

14/06 - Coréia do Sul 1 x 0 Portugal  - Incheon/C. do Sul


14/06 - Polônia 3 x 1 Estados Unidos  - Daejeon/C. do Sul



Grupo E



01/06 - Irlanda 1 x 1 Camarões  - Niigata/JAP


01/06 - Alemanha 8 x 0 Arábia Saudita  - Sapporo/JAP


05/06 - Alemanha 1 x 1 Irlanda Ibaraki/JAP

06/06 - Camarões 1 x 0 Arábia Saudita  - Saitama/JAP


11/06 - Alemanha 2 x 0 Camarões  - Shizuoka/JAP


11/06 - Irlanda 3 x 0 Arábia Saudita  - Yokohama/JAP




Grupo F



02/06 - Inglaterra 1 x 1 Suécia  - Saitama/JAP


02/06 - Argentina 1 x 0 Nigéria  - Ibaraki/JAP


07/06 - Suécia 2 x 1 Nigéria  - Kobe/JAP


07/06 - Inglaterra 1 x 0 Argentina  - Sapporo/JAP


12/06 - Suécia 1 x 1 Argentina  - Miyagi/JAP


12/06 - Inglaterra 0 x 0 Nigéria  - Osaka/JAP



Grupo G



03/06 - México 1 x 0 Croácia Niigata/JAP

03/06 - Itália 2 x 0 Equador Sapporo/JAP

08/06 - Croácia 2 x 1 Itália Ibaraki/JAP

09/06 - México 2 x 1 Equador Miyagi/JAP

13/06 - México 1 x 1 Itália Oita/JAP

13/06 - Equador 1 x 0 Croácia Yokohama/JAP



Grupo H



04/06 - Bélgica 2 x 2 Japão -  Saitama/JAP


05/06 - Rússia 2 x 0 Tunisia -  Kobe/JAP


09/06 - Japão 1 x 0 Rússia  - Yokohama/JAP


10/06 - Bélgica 1 x 1 Tunisia  - Oita/JAP


14/06 - Bélgica 3 x 2 Rússia  - Shizuoka/JAP


14/06 - Japão 2 x 0 Tunisia -  Osaka/JAP



Oitavas-de-final



15/06 - Alemanha 1 x 0 Paraguai  - Seogwipo/C. do Sul


15/06 - Inglaterra 3 x 0 Dinamarca -  Niigata/JAP


16/06 - Senegal 2 x 1 Suécia -  Oita/JAP


16/06 - Espanha 1 x 1 Irlanda -  Suwon/JAP


* Após empate no tempo normal e na prorrogação, a Espanha venceu nos penais por 3x2.
17/06 Brasil 2 x 0 Bélgica -  Kobe/JAP


17/06 - Estados Unidos 2 x 0 México -  Jeonju/C. do Sul


18/06 - Turquia 1 x 0 Japão  - Miyagi/JAP


18/06 - Coréia do Sul 2 x 1 Itália  - Daejeon/C. do Sul



Quartas-de-final



21/06 - Brasil 2 x 1 Inglaterra  - Shizuoka/JAP


21/06 - Alemanha 1 x 0 Estados Unidos -  Ulsan/C. do Sul


22/06 - Coréia do Sul 0 x 0 Espanha  - Gwangju/C. do Sul


* Após empate no tempo normal e na prorrogação, a Coréia do Sul venceu nos penais por 5x3.
22/06 - Turquia 1 x 0 Senegal -  Osaka/JAP



Semifinal


25/06 - Alemanha 1 x 0 Coréia do Sul  - Seoul/C. do Sul


26/06 - Brasil 1 x 0 Turquia  - Saitama/JAP



Disp. 3°. Lugar


29/06 - Turquia 3 x 2 Coréia do Sul  - Daegu/C. do Sul



Final


Escalações:


30 de junho de 2002


Brasil 2 x 0 Alemanha



Brasil: Marcos, Lúcio, Edmílson, Roque Júnior, Cafu, Gilberto Silva, Kléberson, Ronaldinho Gaúcho, depois Juninho Paulista, Roberto Carlos, Rivaldo e Ronaldo, depois Denílson. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Alemanha: Kahn, Linke, Ramelow, Metzelder, Frings, Hamann, Jeremies, depois Asamoah, Schneider, Bode, depois Ziege, Neuville e Klose, depois Bierhoff. Técnico: Rudi Voller.


Gols: Ronaldo (duas vezes)

Local: Estádio Internacional (Yokohama, Japão)

Árbitro: Pierluigi Colina (Itália)
Tecnologia do Blogger.