Copa do Mundo de 1990 - Alemanha é Tri!

Grandes seleções da história das Copas: a Alemanha de 1990

A Itália, com um grande time e a torcida a favor era a favorita ao título da Copa do Mundo de 1990, com a sombra dos tradicionais Brasil, Argentina e Alemanha. Após alguns micos na Festa de abertura, a Copa começou, e o destaque da primeira rodada ficou por conta de Camarões no grupo B, que estreou surpreendendo a atual campeã Argentina, e vencendo por 1 x 0, com gol de Omam-Biyick. Os argentinos, no entanto, com uma vitória por 2 x 0 sobre a União Soviética (gols de Trioglio e Burruchaga), e um empate em 1 x 1 com a Romênia de Haggi, conseguiram se classificar como um dos quatro melhores terceiros colocados. Camarões terminou na liderança da chave e a Romênia ficou em segundo.

Nas outras chaves, os favoritos foram avançando sem maiores problemas. Destaque para a Alemanha (Ocidental), que estreou goleando o bom time da Iugoslávia por 4 x 1, e depois goleou novamente na segunda rodada, só que os Emirados Árabes, por 5 x 1. Na última rodada no entanto, os germânicos não saíram do empate em 1 x 1 com a Colômbia, que começava ali a se tornar a sensação da Copa.
Nas oitavas de final, alguns dos favoritos começaram a cair, até pelo grande número de Clássicos que tivemos. Para começar, o Brasil caiu perante a Argentina, com uma derrota por 1 x 0. Camarões continuou sua saga, eliminando a outra sensação da Copa: a Colômbia. A Checoslováquia goleou a surpreendente Costa Rica e também avançou, assim como a Itália, que derrotou o Uruguai por 2 x 0. A Inglaterra eliminou a Bélgica vencendo por 1 x 0, a Iugoslávia derrotou a Espanha por 2 x 1, e a Irlanda tirou a Romênia nos pênaltis. Mas, o duelo que mais chamava a atenção, era sem dúvida Alemanha x Holanda. Duas das mais fortes seleções da época, e duas das camisas mais pesadas do planeta bola. Também era o enfrentamento entre a vice-campeã mundial e a campeã Européia de 1988. Depois de um primeiro tempo bem travado, a Alemanha conseguiu deslanchar no segundo, após uma cusparada de Rijekaard em Vooler, que resultou na expulsão de ambos. Klinsmann, aos 51 minutos, e Brehme aos 82, abriram 2 x 0 para o time Germânico. Nem mesmo o gol de pênalti de Koeman no final, impediu a Alemanha de avançar.

Nas quartas de final, a Itália despachou a Irlanda vencendo por 1 x 0. A Inglaterra, parou a zebra Camarões, aplicando um 3 x 2 nos africanos. Já a Argentina, após um empate em 0 x 0 com a Iugoslávia, foi salva pelo goleiro Goycochea nas penalidades. Por sua vez, a Alemanha despachou a Checolsováquia vencendo por 1 x 0. Nas semi-finais, as defesas seguiram se destacando em relação aos ataques, e as duas partidas foram decididas nos pênaltis. Após empate em 1 x 1 no tempo normal, a Argentina, jogando no Estádio San Paolo, em Nápoles, onde Maradona foi ídolo, superou a Itália, com novamente a estrela do Goleiro Goycochea, que substituía o lesionado Pumpido, brilhando. Na outra partida, a Alemanha, também após empatar em 1 x 1 no tempo normal, superou a Inglaterra, igualmente nas grandes penalidades.


No dia oito de maio de 1990, o estádio Olímpico de Roma recebia Alemanha e Argentina, para novamente decidirem uma Copa do Mundo. Ao contrário de quatro anos antes, não foi Mathaus o marcador de Maradona, e sim Buchwald, o que deu mais liberdade para o Capitão Germânico jogar. A partida em si foi muito fechada, e uma das decisões de Copa mais fracas, se não a mais fraca de todos os tempos. Após pouco jogo, muitas trocas de passe sem objetividade, muitas faltas, alguns chutes à gol de meia distância dos alemães e duas expulsões bastante controversas dos argentinos, a Alemanha venceu com um gol de pênalti, também muito polêmico.



Resultados da Copa do mundo de 1990:



GRUPO A

09/06 - Itália 1 x 0 Áustria - Roma
10/06 - Checoslováquia 5 x 1 Estados Unidos - Florence
14/06 - Itália 1 x 0 Estados Unidos - Roma
15/06 - Checoslováquia 1 x 0 Áustria - Florence
19/06 - Itália 2 x 0 Checoslováquia - Roma
19/06 - Áustria 2 x 1 Estados Unidos - Florence


GRUPO B


08/06 - Camarões 1 x 0 Argentina - Milão
09/06 - Romênia 2 x 0 União Soviética - Bari
13/06 - Argentina 2 x 0 União Soviética - Napoli
14/06 - Camarões 2 x 1 Romênia Bari
18/06 - União Soviética 4 x 0 Camarões - Roma
18/06 - Argentina 1 x 1 Romênia - Napoli


GRUPO C


10/06 - Brasil 2 x 1 Suécia - Turim
11/06 - Costa Rica 1 x 0 Escócia - Genoa
16/06 - Brasil 1 x 0 Costa Rica - Turim
16/06 - Escócia 2 x 1 Suécia - Genoa
20/06 - Costa Rica 2 x 1 Suécia - Genoa
20/06 - Brasil 1 x 0 Escócia - Turim


GRUPO D


09/06 - Colômbia 2 x 0 Emirados Árabes - Bologna
10/06 - Alemanha Ocidental 4 x 1 Iugoslávia - Milão
14/06 - Iugoslávia 1 x 0 Colômbia - Bologna
15/06 - Alemanha Ocidental 5 x 1 Emirados Árabes - Milão
19/06 - Colômbia 1 x 1 Alemanha Ocidental - Milão
19/06 - Iugoslávia 4 x 1 Emirados Árabes - Bologna


GRUPO E


12/06 - Bélgica 2 x 0 Coréia do Sul - Verona
13/06 - Espanha 0 x 0 Uruguai - Udine
17/06 - Espanha 3 x 1 Coréia do Sul - Udine
17/06 - Bélgica 3 x 1 Uruguai - Verona
21/06 - Espanha 2 x 1 Bélgica - Milão
21/06 - Uruguai 1 x 0 Coréia do Sul - Udine


GRUPO F


11/06 - Inglaterra 1 x 1 Irlanda - Cagliari
12/06 - Egito 1 x 1 Holanda - Palermo
16/06 - Inglaterra 0 x 0 Holanda - Cagliari
17/06 - Egito 0 x 0 Irlanda Palermo
21/06 - Inglaterra 1 x 0 Egito - Cagliari
21/06 - Holanda 1 x 1 Irlanda - Palermo


Oitavas-de-final

23/06 - Camarões 2 x 1 Colômbia - Napoli
23/06 - Checoslováquia 4 x 1 Costa Rica - Bari
24/06 - Argentina 1 x 0 Brasil - Turim
24/06 - Alemanha Ocidental 2 x 1 Holanda - Milão
25/06 - Irlanda 0 x 0 Romênia  - Genoa
* Após empate no tempo normal e na prorrogação, a IRL venceu nos penais por 5x4.
25/06 - Itália 2 x 0 Uruguai - Roma
26/06 - Iugoslávia 2 x 1 Espanha - Roma
26/06 - Inglaterra 1 x 0 Bélgica - Bologna


Quartas-de-final


30/06 - Argentina 0 x 0 Iugoslávia - Florence
* após empate no tempo normal e na prorrogação, a Argentina venceu nos penais por 3x2.
30/06 - Itália 1 x 0 Irlanda - Roma
01/07 - Alemanha Ocidental 1 x 0 Checoslováquia - Milão
01/07 - Inglaterra 3 x 2 Camarões - Napoli

Semifinal

03/07 - Argentina 1 x 1 Itália - Napoli
* após empate no tempo normal e na prorrogação, a Argentina venceu nos penais por 4x3.
04/07 - Alemanha Ocidental 1 x 1 Inglaterra - Turim
* após empate no tempo normal e na prorrogação, a Alemanha venceu nos penais por 4x3.

Disp. 3o. Lugar

07/07 - Itália 2 x 1 Inglaterra - Bari


Final
    

WC1990Post

Ficha Técnica 

Alemanha 1 x 0 Argentina

Escalações

Argentina: Goycoechea; Simon, Serrizuela, Ruggeri e Troglio; Sensini, Burruchaga, Basualdo e Lorenzo; Dezotti e Maradona.

Alemanha: Illgner; Augenthaler, Berthold, Kohler e Buchwald; Brehme, Hässler, Matthäus e Littbarski; Klinsmann e Völler.

Gol: Brehme.
Árbitro: Edgardo Codesal (México)
Artilheiro desta Edição: Schillaci (Itália) - 6 gols
    
Tecnologia do Blogger.