Copa do Mundo 1958 - O primeiro título do Brasil

Copa do Mundo 1958




A Copa do Mundo de 1958 teve mais uma vez 16 seleções participantes , sendo mais uma vez 12 européias (Suécia, Alemanha Ocidental, Áustria, França, Checoslováquia, Hungria, União Soviética, Iugoslávia, Inglaterra, Irlanda do Norte, Escócia, País de Gales) e quatro de fora do Velho continente: Brasil, México, Paraguai e Argentina, que voltava a disputar um Mundial após 24 anos. 

As forças antes do começo da Copa, em um Mundo tomado pela Guerra Fria, estavam dividas entre as Capitalistas Inglaterra e França, e as socialistas União Soviética e Hungria. Das outras, quem mais chamava a atenção era a Argentina. Mas o campeão foi o Brasil, com uma constelação de craques como Garrincha, Vavá, Zito, Mazzola, Nilton Santos, Didi, Gilmar, Zagallo e o garoto Pelé, que era apresentado ao Planeta, já dando show.

O Brasil estreou na Copa do Mundo de 1958 enfrentando a Áustria, no Estádio Rimmewallen, em Undevalla. Depois de um começo tenso, aos 38 minutos de jogo, Mazzola fez 1 a 0 para o Brasil. O time brasileiro seguiu dominando o jogo, e ampliou o placar no segundo tempo, com um gol de Nilton Santos aos 6 minutos, e outro do próprio Mazzola, já no finalzinho do jogo, fechando o triunfo por 3 a 0. Na segunda partida, disputada no Estádio Nya Ullevi, em Gotemburgo, o Brasil empatou sem gols com a Inglaterra, antes de vencer, neste mesmo Estádio, a União Soviética por 2 a 0, com dois gols de Vavá.

Com estes resultados, o Brasil se classificou para as quartas-de-final, ao lado da própria União Soviética. Garrincha e Pelé já haviam ganho espaço no time, e foi o próprio Rei quem fez o gol do triunfo por 1 a 0 sobre o País de Gales, em jogo disputado no mesmo Nya Ullevi, colocando a Seleção entre as quatro melhores da Copa. Na semifinal, disputada no Rasunda, em Estocolmo, o Brasil encarou a França.

A seleção francesa vinha fazendo uma grande campanha, e havia derrotado na estréia, o Paraguai por 7 a 3, antes de perder por 3 a 2 para a Iugoslávia, e vencer a Escócia por 2 a 1, e a Irlanda por 4 a 0. Contudo, o time francês não foi páreo para o Brasil, que venceu por 5 a 2, com um hat-trick de Pelé e um gol de Vavá, e outro de Didi. Fontaine e Piantoni descontaram para os franceses. O primeiro, foi o artilheiro deste Mundial, com impressionantes 13 gols. A seleção estava na final da Copa novamente, oito anos depois do Maracanazzo.

Na decisão da Copa, também jogada no Rasunda, Liedholm chegou a abrir o placar para a Suécia, que era a dona da casa, mas comandado por Didi, que pegou a bola, acalmou o time e foi um verdadeiro maestro durante a partida, o Brasil venceu por 5 a 2, conquistando assim a sua primeira Copa do Mundo. Dois gols de Vavá viraram para o Brasil, que ainda ampliou com dois gols de Pelé e um de Zagallo. Simonsson decontou para os suecos.



Após a partida, Bellini, capitão da seleção brasileira, eleva o troféu da copa para o alto a pedido dos fotógrafos que estavam no local. Este gesto seria repetido para sempre por todos os capitães das seleções campeãs do mundo. Uma curiosidade: Como a final foi contra a Suécia que usa camisa amarela e era a anfitriã, o Brasil teve que usar a camisa azul.



Os resultados da Copa do Mundo de 1958:


Grupo A



08/06
Irlanda do Norte 1 x 0 Tchecoslováquia

08/06

Alemanha Ocidental 3 x 1 Argentina

11/06

Argentina 3 x 1 Irlanda do Norte

11/06

Alemanha Ocidental 2 x 2 Tchecoslováquia

15/06

Alemanha Ocidental 2 x 2 Irlanda do Norte

15/06

Tchecoslováquia 6 x 1 Argentina

17/06


Irlanda Norte 2 x 1 Tchecoslováquia



Grupo B



08/06
Escócia 1 x 1 Iugoslávia

08/06

França 7 x 3 Paraguai

11/06

Paraguai 3 x 2 Escócia

11/06

Iugoslávia 3 x 2 França

15/06

França 2 x 1 Escócia

15/06

Paraguai  3 x 3 Iugoslávia



Grupo C



08/06

Suécia 3 x 0 México

08/06

Hungria 1 x 1 País de Gales

11/06

México 1 x 1 País de Gales

12/06

Suécia 2 x 1 Hungria

15/06

Suécia 0 x 0 País de Gales

15/06

Hungria 4 x 0  México

17/06

País de Gales 2 x 1 Hungria

Grupo D



08/06
Brasil 3 x 0 Áustria

08/06

Inglaterra 2 x 2 União Soviética

11/06

União Soviética 2 x 0 Áustria

11/06
Brasil 0 x 0 Inglaterra

15/06

Áustria 2 x 2 Inglaterra

15/06

Brasil 2 x 0 União Soviética

17/06

União Soviética 1 x 0 Inglaterra

Quartas


19/06
Suécia 2 x 0 União Soviética

19/06

Alemanha Ocidental 1 x 0 Iugoslávia

19/06

França 4 x 0 Irlanda do Norte

19/06

Brasil 1 x 0 País de Gales

Semifinal


24/06
Brasil 5 x 2 França

24/06

Suécia 3 x 1 Alemanha Ocidental

Disp. 3o. Lugar

26/06
França 6 x 3 Alemanha Ocidental



Final 


Ficha Técnica :


Brasil 5 x 2 Suécia



29 de junho de 1958




Brasil: Gilmar, Djalma Santos, Bellini, Orlando, Nílton Santos, Zito, Didi; Garrincha, Vavá, Pelé, Zagalo.

Suécia: Svensson, Bergmark, Axbom, Borjesson, Gustavsson, Parling, Hamrin, Gren, Simonsson, Liedholm, Skoglund.

Gols: Vavá 2x , Pelé 2x e Zagalo ( Brasil ); Liedholm e Simonsson  (Suécia)

Local: Estocolmo (Suécia), Estádio Råsunda.

Árbitro: Guigue (França)

Artilheiro da Copa : Fontaine (França) - 13 gols
Tecnologia do Blogger.