Últimas notícias

Últimas notícias

Champions League

Liga Europa

História



Copa dos Campeões 1989-1990



Depois de conquistar o seu terceiro título da Copa dos Campeões, o Milan chagava à edição de 1989/90 querendo o Bicampeonato consecutivo. Mas para isto, teria que encarar uma das edições mais fortes do torneio até então. Nunca antes, a competição tinha tido um número tão grande de ex-campeões participando em uma só edição. Além deles, uma nova equipe pintava como Futura potência Européia: o Olimpique de Marselha do milionário Bernard Tapie. O time vinha contratando alguns dos melhores jogadores do mundo nos últimos anos, como Jean-Pierre Papin, Rudi Völler, Chris Waddle e Enzo Francescoli, e entrava forte na briga pela Taça.

O grande destaque da primeira fase ficou por conta de Romário. O "Baixinho" marcou um Hat-Trick no jogo de volta do seu PSV contra o Steua Bucarest , ajudando o time da Holanda a golear os Romenos por 5 x 1 e avançar de fase, já que havia perdido no Leste da Europa pelo placar mínimo. Nesta fase, o Milan Eliminou o Helsinki, da Finlândia, com uma vitória por 4 x 0 e outra por 1 x 0.

Na segunda fase, um duelo de Gigantes: Milan x Real Madrid. O Rossonero estava sem Gullit, mas Van Basten, com uma beça atuação, garantiu a vitória da equipe no jogo de ida em Milão. Na volta no Santiago Bernabeu, o Real venceu por 1 x 0, gol de Butragueño, mas nada que pudesse eliminar o Milan.

As quartas de final reservariam para o Milan uma grande surpresa: o Rossonero teve que suar sangue para eliminar o KV Mechelen da Bélgica. Foram dois empates em 0 x 0, mas na prorrogação, Van Basten e Simone marcaram, garantindo o Milan nas semi-Finais. De resto, a competição transcorreu normalmente, com o Bayern de Munique eliminando o PSV com duas vitórias nestas quartas de final, assim como Benfica e Olimpique de Marselha , que não suaram muito para eliminar  Dnipro Dnipropetrovsk e CSKA Sofia, respectivamente. Mesmo eliminado o time Búlgaro do CSKA já mostrava ao mundo um jogador que entraria para a História do Futebol Mundial: Hristo Stoichkov. Já o Dinipro, ia encerrando uma história de altos e baixos da União Soviética na Copa dos Campeões.


O Milan passou pelo Bayern de Munique na prorrogação. O time Rossonero venceu em Milão por 1 x 0, gol de Van Basten , mas no jogo de volta, Thomas Strunz  marcou o gol da vitória do Bayern no tempo normal. O interessante é que mesmo na prorrogação, o critério do gol fora de casa continuava valendo. E foi ai que o Milan se beneficiou, com um tento de Stefano Borgonovo no tempo extra em Munique. O gol do escocês Alan McInally de nada adiantou para o Bayern, que teria que assistir a Final pela TV.

Já o Benfica alcançou a final graças ao saldo qualificado, após uma derrota para o Olimpique de Marselha na França por 2 x 1 e uma vitória em Portugal por 1 x 0.


Um fato Histórico marcaria esta final: se 27 anos antes Cesare Maldini entrava em campo numa final de Copa dos Campeões, seu filho Paolo entrava em campo desta vez para fazer História. O Milan tinha em campo a nata do Futebol Italiano e Holandês, e mesmo com um futebol menos encantador do que um ano antes, mantinha a eficiência personificada em um jogador: Frank Rijkaard. Além de ajudar na marcação e manter o poderoso ataque do Benfica sob controle, ele marcou o gol que deu o título da Copa dos Campeões 1989/90 ao Milan nesta Final. 

O Milan era então Bicampeão consecutivo da Copa dos Campeões, algo que não acontecia desde 1980 com o Nottigham Forest, e nunca mais se repetiu.

Vídeo da Final:




Ficha Técnica


Final - Copa dos Campeões 1989-1990 - Milan 1 X 0 Benfica


Escalações

Milan: G.Galii, Tassotti, Baresi , Costacurta, Maldini, Colombo (F.Galii), Rijkaard, Evani, Ancelotti (Massaro), Gullit, Van Basten

Benfica: Silvino, Jose Carlos, Ricardo Gomes, Aldair, Samuel, Vitor Paneira (Vata), Hernani, Thern, Jaime Pacheco(Cesar Brito), Valdo, Magnusson

Local: Praterstadion, Vienna

Árbitro: Helmut Kohl (Austria)

Gol: Rijkaard  aos 68 minutos .



«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Post a Comment


Top