Últimas notícias

Últimas notícias

Champions League

Liga Europa

História

Copa dos Campeões 1982/831988/1989 : Milan

Copa dos Campeões 1988-89: Milan e seu terceiro título


De 1988 à 1990, O Milan foi a equipe mais forte da Itália e, possivelmente, de todo o mundo. Conhecido como "Gli Immortali" (The Immortals), o Milan era liderado pelos atacantes Marco van Baasten e Ruud Gullit, e contava com um dos maiores líberos da história do futebol: Franco Baresi. Além disto, tinha dois laterais que atacavam e defendiam com a mesma qualidade, Maldini e Tassotti e um trio quase perfeito de meias, composto por Frank Rijkaard, Marco Donadoni e Carlo Ancelotti. O primeiro grande momento deste time do Milan foi na temporada 88/89, quando conquistou a Copa dos Campeões da Europa. Na primeira fase, o Milan eliminou facilmente o Vitosha, da Bulgária, por 7 a 2 no placar agregado.

Na fase seguinte, o adversário eliminado foi o Estrela Vermelha, da Iugoslávia,que em uma edição futura, se sagraria campeão do Torneio. Os balcãs só foram eliminados nos pênaltis, após empate em 1 a 1 nos dois jogos. Nas quartas de final, o Milan eliminou o Werder Bremen e na semifinal o Real Madrid de Hugo Sanchéz, metendo um 5 a 0 no San Siro, com uma atuação de gala do trio holandês Gullit, van Basten e Rijkaard. O adversário na final seria o Steua Bucareste, da Romênia, campeão europeu em 1986. Os Romenos contavam com o lendário Hagi, que brilharia na Copa do Mundo de 1994 futuramente. Mas, mesmo assim saíram goleados por 4 X 0, levando um chocolate.

Ficha Técnica :


Final - Copa dos Campeões 1988/1989


Steua Bucarest 0 X 4 Milan

Escalações


Gols: Gulit 18' e 39 ' e Van Basten 27' e 47' .

Local: Camp Nou, Barcelona

Árbitro: Karl-Heinz Tritschler (Alemanha Oriental)

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Post a Comment


Top