Últimas notícias

Últimas notícias

Champions League

Liga Europa

História

Copa dos Campeões - Real Madrid

Copa dos Campeões de 1956/1957: O Bicampeonato Europeu do Real Madrid




Se clubes Ingleses na primeira edição, a UEFA Champions League não recebeu praticamente nenhuma atenção na terra da rainha. Até que, na segunda edição, tivemos a presença do Manchester United, o primeiro representante da Inglaterra em uma Copa dos Campeões. O time comandado por Matt Busby era um dos mais fortes da Europa, e desafiou a FA, querendo medir forças com os melhores times do continente. Com jovens e bons talentos, como Duncan Edwards, Eddie Coleman e Tommy Taylor. Além dos ingleses, equipes da Bulgária, Checoslováquia e Turquia também faziam sua estréia na Copa dos Campeões.



O Real Madrid, já contava agora com Raymond Kopa, o "Napoleão" em sua equipe. Di Stéfano ainda estava lá, e não há muito a dizer sobre a força daquela equipe. O Real esteve entre as 10 equipes que entraram diretamente nas Oitavas de Final. Outras 12 equipes tiveram que disputar uma etapa preliminar. Nesta etapa preliminar, destaque para o Manchester United, que aplicou um sonor 12 x 0 no agregado no Anderlecht da Bélgica.


Nas Oitavas de final, Podemos dizer que tivemos a primeira surpresa. o Athletic Bilbao eliminou oo Honved, com um placar agregado de 6 x 5. No primeiro confronto da História da Copa dos Campeões entre ingleses e alemães, o Manchester United levou a melhor sobre o Borussia Dortmund, vencendo na Inglaterra por 3 x 2, e empatando sem gols na Alemanha. Nesta etapa ainda, o Real Madrid eliminou o Rapid Viena, da Áustria.


Nas quartas, o time merengue eliminaria o Nice, vencendo por 3 X 0 em casa e 3 x 2. O Manchester United fez um grande enfrentamento contra o Athletic Bilbao, Após perder por 5 x 3 no País Basco, os Red Devils golearam os bascos por 3 x 0 na Alemanha, se garantindo nas semis contra o Real. De resto, ainda nesta fase, tivemos a boa equipe da Fiorentina eliminando o Grasshopper com um agregado de 5 x 3 e o Estrela Vermelha tirando o CSKA Sofia com um agregado de 4 x 3.


Nas semi-finais, o Real Madrid eliminou o Manchester United, com uma vitória por 3 X 1 no Santiago Bernadeú e um empate em 2 X 2 na Inglaterra. Na outra perna, a Fiorentina derrotou o Estrela vermelha fora de casa por 1 x 0, e na Itália segurou um empate sem gols, alcançando a decisão.





A final da Copa dos Campeões 1956-1957 aconteceu num Estádio Santiago Bernabéu, lotado com mais de 120 mil pessoas. Um dos torcedores que assistiam a partida era o general Franco, fanático torcedor da equipe merengue. A partida ficou marcada como uma das melhores finais da História da Liga, e talvez, se a Fiorentina não tivesse pela frente um rival tão forte como o Real Madrid na Decisão, tivesse vencido. Mas não deu. O Real de Di Stéfano saiu de Campo com a vitória por 2 x 0 e o título de Campeão da Copa dos Campeões 1956-1957.


As mesmas 120 mil pessoas que apoiavam o Real Madrid também aplaudiram a Fiorentina, reconhecendo o esforço e a qualidade  daquela equipe liderada em campo por Sarti, Magnini, Cervato, Segato, Julinho, Virgili e Montuori, e que seria uma daquelas a entrar para a História, mesmo sem ter sido campeã.





Ficha Técnica :


Copa dos Campeões - Real Madrid - Final , 1957 


Real Madrid 2 X 0 Fiorentina 



Real Madrid: Alonso, Torres, Marquitos, Lesmes, Munoz , Zarraga, Kopa, Mateos, Di Stefano, Rial, Gento

Fiorentina: Sarti, Magnini, Orzan, Cervato (capt), Scaramucci, Segato, Julinho, Gratton, Virgili, Montuori, Prini

Gols: Di Stefano, Gento (Real Madrid)
Local: Madrid , na Espanha

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Post a Comment


Top