Últimas notícias

Últimas notícias

Champions League

Liga Europa

História

Copa dos Campeões 1985-1986: O Steua Bucarest da "Cortina de Ferro"



Copa dos Campeões 1985-1986: O Steua Bucareste da "Cortina de Ferro"



Entre o Final dos anos 80 e o começo dos anos 90, o Futebol Romeno viveu aquele que foi provavelmente o seu maior momento da história. E o ápice foi sem dúvida a conquista da Copa dos Campeões Europeus de 1985/86 por parte do Steua Bucareste.



Com um dos grandes favoritos, o Everton, impedido de participar da competição após a tragédia de Heysel, o Barcelona assumiu a condição de principal candidato ao título. O time blaugrana começou a competição passando por Sparta Praga e Porto, antes de eliminar a Juventus nas quartas-de-final.

Comandado por Emerich Jenei, o Steua Bucarest assustaria a Europa nesta temporada. Assustaria de uma forma positiva, após a tragédia de Heysel na época anterior, que resultou na suspensão das equipes inglesas por cinco anos da maior competição européia, a elegibilidade das cidades Belgas para sediar grandes eventos da UEFA  e obrigou a Juventus a atuar com dois jogos com portões fechados.


A primeira vítima foi o Vejle, da Suíça, onde já com 33 anos, atuava Allan ‘Simonet’ Simonsen. O Steua empatou fora de casa em 1 a 1, mas goleou por 4 a 1 em Bucareste, com gols de Piturca, Boloni, Balint e Stoica e avançou para as oitavas de final, onde fez o clássico da cortina de ferro contra o Budapest Honvéd da Hungria. No primeiro jogo, em Budapeste, os Húngaros venceram por 1 a 0, mas na volta, Piturca, Lacatus, Barbulescu e Majearu marcaram e o Steua Bucarest goleou por 4 a 1 o rival.


Steaua-Honved_bucurie_Piturca_10456_1986_005


A sorte sempre acompanha um time campeão. O Steua já estava nas quartas, mas mesmo assim viu no seu caminho u rival sem expressão no futebol Europeu: os finlandeses do Kuusysi. Foi só segurar o 0 X 0 em casa e vencer por 1 a 0 na Finlândia, com gol de Piturca, e vaga nas semi-finais. Além de tudo, os favoritos acabaram se enfrentando logo nas quartas: o Anderlecht eliminou o Bayern de Munique, enquanto o Barcelona eliminou a então atual campeã Juventus. Uma curiosidade é que o outro semi-finalista foi o Gothenburg
, que eliminou o Aberdeen nas quartas de final .

Na Semifinal, o Steua teve que mostrar força e bater um adversário poderoso: o Anderlecht de Scifo, Vandereycken e Vercauteren. Os belgas venceram por 1 a 0 em Vanden Stock,  gol de Scifo. Mas foram surpreendidos em Bucarest, graças aos dois gols de Piturca e Balint logo no começo do jogo para o time Romeno. Piturca  ainda fez o terceiro tento do Steua no segundo tempo, que garantiu o time na final da maior competição de clubes da Europa.


O rival seria nada mais, nada menos do que o todo poderoso Barcelona, que havia eliminado o Gotenborg nas semifinais, e a partida seria em Sevilla, justamente na Espanha, país do time Catalão.



O Estádio Ramón Sanchez Pijuan estava lotado com mais de 50 mil torcedores do Barça, naquele 07 de maio de 1986. O jogo foi nervosos, e o Steua Bucarest apostou naquilo que sabia que tinha de melhor: a sua defesa. O time conseguiu segurar os Culés  e o 0 X 0, levando o jogo foi para os pênaltis.


O goleiro do time Romeno, Duckadam foi sensacional. Ele defendeu as quatro cobranças catalãs, e como Lacatus e Balint converteram sua cobranças, o Steua se sagrou campeão Europeu pela primeira, e até agora única vez em sua história.



steaua86-corp





Ficha Técnica:




Final - Copa dos Campeões 1985-1986 - Steaua Buchareste 0 (2-0 pênaltis) X 0 Barcelona 

Steaua Buchareste: Ducadam, Iovan ; Bumbescu, Belodedici, Barbulescu, Majaru, Balan (Iordanescu), Boloni, Balint, Lacatus, Piturca (Radu)


Barcelona: Urruti, Gerardo, Migueli, Alexanko, Julio Alberto, Victor, Schuster (Moratalla), Carrasco, Pedraza, Archibald (Piichi Alonso), Marcos

Local: Estádio Ramón Sánchez Pizjuán, Sevilha, Espanha



Vídeo da Final:

 



«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Post a Comment


Top